Palavra da Pediatra

“E crescia Jesus em sabedoria, estatura e graça, diante de Deus e dos homens.” Lucas 2:52

O acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança através de uma assistência individualizada pelo pediatra é importante, visando o bem-estar da criança em sua família, escola e sociedade.

O crescimento é um processo dinâmico e contínuo que ocorre desde a concepção. Abrange fatores ambientais como: alimentação, ocorrência de doenças, cuidados gerais de higiene, de habitação e saneamento básico, acesso aos serviços de saúde, refletindo as condições de vida da criança.

O desenvolvimento é a capacidade do corpo de adquirir funções, ou seja, é a capacidade que a criança apresenta para realizar tarefas.

Crescimento e desenvolvimento são processos integrados e devem ser avaliados em todas as consultas com o pediatra.

As medidas de promoção, proteção e recuperação da saúde nos primeiros anos de vida são condições cruciais para que o crescimento infantil aconteça de forma adequada. E a prevenção eficaz de grande parte das doenças que acometem a população adulta pode iniciar na infância.

Nestas consultas periódicas são avaliados: o estado nutricional da criança pelos indicadores clínicos definidos pelo Ministério da Saúde e suas curvas de crescimento; a história alimentar; a vacinação; o desenvolvimento neuropsicomotor; o desempenho escolar; as atividades físicas diárias conforme parâmetros recomendados pelo Ministério da Saúde; dentre outros.

As consultas com o pediatra devem ser realizadas pela primeira vez entre os 07 e 15 dias de vida, no primeiro ano de vida mensalmente, do segundo ao quinto ano de vida semestralmente e dos cinco anos até o término da adolescência anualmente.

Referências: Sociedade Brasileira de Pediatria e Ministério da Saúde.

O papel do pediatra escolar

O papel do pediatra escolar é fundamentalmente preventivo e educativo, isto é, voltado para a promoção de saúde, incluindo as crianças, suas famílias e toda a equipe da instituição.

Ele não trabalha isoladamente, e sim de forma integrada com todos os profissionais da escola.

  • Atua na observação do espaço físico, focando na orientação do que é adequado a cada faixa etária.
  • Supervisiona e orienta em questões de vigilância epidemiológica, isto é: prevenção, detecção e controle de doenças transmissíveis, intervenção em situações de doença e de prestação de primeiros socorros, com os necessários encaminhamentos e providências.
  • Faz avaliação da criança com intercorrência médica. Não é de sua competência fazer diagnóstico nem prescrever medicações.
  • Elabora circulares específicas, na vigência de doenças infectocontagiosas, informando sobre medidas de controle e a necessidade de afastamento temporário, ou não, das crianças em questão.
  • Oferece treinamento e reciclagem da equipe, no que diz respeito ao atendimento à criança, aos primeiros socorros e às medidas preventivas de doenças e acidentes.
  • Realiza reuniões individuais ou em grupo, com pais e outros responsáveis, de acordo com a necessidade de cada momento.

Dra. Juliana Tiemi Saito Komati
Título de especialista em Pediatria e Gastroenterologia Pediátrica
Mestre em Ciências aplicadas à Pediatria
CRM 103.384 – SP

  • Todas as Postagens do Mês de: